Superlógica Onboard

Na última semana, comecei a trabalhar empreender em uma nova empresa: O Grupo Superlógica, na verdade irei trabalhar no PJBank empresa que nasceu dentro do grupo.

A semana foi de reconhecimento e alinhamento, revisei vários conceitos e mindsets nos cursos de onboard disponibilizados na plataforma EAD. O nosso propósito é : “Transformar o mundo pelo empreendedorismo”

Aqui temos livros obrigatórios para leitura:

  • Dobre os seus lucros – Bob Fifer
  • Reinvente sua empresa – Jason Fried & David Heinemeir Hansson
  • Satisfação Garantida – Tony Hsieh
  • Startup Enxuta – Eric Ries (Já li, mas irei ler novamente)

Na sexta tivemos uma Missa (reunião de evangelismo cultural) no time que estou atuando aonde foi mostrado a nova estrutura organizacional do time e feito um Esculacho (Colher Feedback de maneira aberta) sobre a proposta de leitura do livro Blitzscaling.

No final do dia da sexta tivemos outra missa, em uma live participativa, dessa vez com a presença de toda a empresa. Cujo tema foi Como nossa cultura precisa evoluir, foi discutido sobre as diferenças entre corporações e startups, os prós e contras.

Como se manter ágil com 500 funcionários?

Como não perder a essência que nos fez chegar até aqui?

Como ter processos e regras para estar compliance e não deixar de inovar?

Foram algumas perguntas debatidas na missa.

E durante o final de semana pensei em um modelo organizacional que fosse um ponto de equilíbrio entre Corporação e Startup.Baseado no livro Startup Enxuta aonde grandes corporações podem ter pequenas startups dentro de sua estrutura, pensei o modelo CORPUP:

Modelo Corpup

Esse modelo visa juntar Corporação e Startup, aonde processos e operações consolidados incorporam níveis acima pra dentro da corporação e processos novos de discovery ficam por conta de squads independentes (StartUp Squads). Nesse sistema, uma boa idéia pode ser testada e desenvolvida, possibilitando novas verticais ou customizações das próprias verticais.

O que acharam do modelo? Deixe seu comentário!

Até a próxima LiftBank

Meu tempo no LiftBank está terminando e vem aquela nostalgia: “Quanta coisa vivi!”

  • Aprendi React Native e desenvolvi o MPV do LiftPay em 3 meses.
  • Contratei e desenvolvi estagiários.
  • Me tornei P.O.
  • Montei um Time dos Sonhos.
  • Fornecedor Desligando Servidor e eu fazendo script no google sheets para coletar dados antes de desligar tudo.
  • Montamos uma Subadquirência.

Obrigado a todo o Time do LiftBank pela confiança no meu Trabalho! Estarei sempre a disposição! Um Abraço!

Novos desafíos vem por aí!

ToLoja

Sempre busquei desenvolver produtos que atinjam positivamente a vida das pessoas! Antes da Pandemia do COVID-19 tive a idéia de construir uma vitrine online para os empreendedores colocarem seus produtos e serviços à venda.

Veio a pandemia e a necessidade de uma plataforma como essa aumentou.

Minha esposa criou uma delicatessen para vender as comidas deliciosas dela e me deu mais um motivo para acreditar na idéia e então comecei a desenvolvê-la!

Quase 6 meses depois temos o TOLOJA (toloja.com.br) uma plataforma para você vender online.

Feita em React, Api Graphql, Amplify, Storage S3, e Intra AWS!

Precisa vender algum produto ou serviço online? Comece agora!